quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Egoísta - Aline C. Costa



Diz-me, por favor, se egoísta és?
Se não, pensas no filho a perder, ou no pai a morrer...
Se as lágrimas brotarem aos olhos
E o coração desejar-lhes a presença
Mesmo que doentes ou paralíticos...
És o pior dos egoístas,
Pois és em ti que pensas.

Sou humano,
Tenho medo,
Tenho dor,
Mas a aqueles que amo, quero ao meu lado
mesmo que melhor não for...

Ser egoísta,
Não é tão mal assim,
Mas a matéria, perene não é,
E a morte é o nosso fim.

Por mais iluminado
Jesus na cruz aclamou
Pelo Pai que sempre acreditou
Mas em teus braços não o ancorou...

Imagines tu, que na cruz não estás
Penses naquele Pai,
se um dia vai te ajudar...

Por isso,
Quando vir teus entes a sofrer
Não se apegue a matéria
pois um dia há de morrer...

E lá no assento etéreo
para onde as almas irão
Perderão toda a memória
e os amores morrerão.

Por mais que te doa a verdade,
que nada és, somente carne...
Em espírito serás apenas espírito,
e dos vivos não lembrarão.

Podes discordar de tais palavras,
A religião está a salvar
As almas desavisadas
Que mais tarde sofrerá.

Mas a memória de dias felizes
Estas talvez levarás
e enquanto a tiveres acessa
teus filhos e pais amarás.

2 comentários:

Dulce disse...

Anine
Vim agradecer seus comentários e dizer que você tem minha total permissão para publicar meus escritos sempre que quiser, que achar de deve, e que fico muito honrada com isso.Muito obrigada.
Bjs

Akira disse...

poxa!