terça-feira, 10 de março de 2009

Livro Sonetos e Outros Poemas - Bocage


Manuel Maria de Barbosa l'Hedois du Bocage (Setúbal, 15 de Setembro de 1765 — Lisboa, 21 de Dezembro de 1805), poeta português e, possivelmente, o maior representante do arcadismo lusitano. Embora ícone deste movimento literário, é uma figura inserida num período de transição do estilo clássico para o estilo romântico que terá forte presença na literatura portuguesa do século XIX.

Soneto Ditado na Agonia

Já Bocage não sou!... À cova escura
Meu estro vai parar desfeito em vento...
Eu aos Céus ultrajei! O meu tormento
Leve me torne sempre a terra dura;

Conheço agora já quão vã figura,
Em prosa e verso fez meu louco intento:
Musa!... Tivera algum merecimento
Se um raio da razão seguisse pura.

Eu me arrependo; a língua quasi fria
Brade em alto pregão à mocidade,
Que atrás do som fantástico corria:

Outro Aretino fui... a santidade
Manchei!... Oh! Se me creste, gente ímpia,
Rasga meus versos, crê na eternidade!.

Leia Mais Faça o Download o Livro:

Download:
....

2 comentários:

Dulce disse...

Anine,
só vim desejar um lindo final de semana pra voce.
bjs.

Lustato Tenterrara disse...

Bom domingo. repleto de alegria. Parabéns por teu blog tão bonito e elegante design.

Bocage me trouxe até aqui, em um vôo googleriano. De modo que mais uma vez, sou grato aos dois.

Muito prazer
conhecer teu blog.

Abraço.beijo.kiss.hug.
Lustato